Frio pede vinho – na taça e na panela






Além de agradar nas taças, os vinhos fazem um serviço espetacular também na culinária. Acrescentado a algumas receitas, um bom cálice de vinho traz sensações gustativas, evidencia sabores e encorpa a refeição.  
Algumas receitas clássicas levam vinho em sua composição. No Coq au Vin, por exemplo, a ave é marinada e cozida em vinho tinto, com alguns vegetais e ervas aromáticas. Ainda entre os pratos franceses, o Entrecôte Bordelaise leva a bebida como receptor e difusor de sabores.  
Já na Itália, duas das receitas clássicas feitas com vinho são Brasato al Barolo e Peposo, onde bons cortes de carnes são marinados na bebida  e preparados de forma diferente. 
Em Portugal e na Espanha, frutos do mar são preparados com vinho, como o Polvo Guisado com Vinho Tinto, prato com moluscos e batatas. 
Para quem pretende apostar em um jantar sofisticado com vinho, separamos uma receita de Canela de Cordeiro assada ao vinho do porto, retirada de um site de vinhos e assinada por Chuck, do programa Receitas de Chuck, no GNT. 


  • Ingredientes - 1 colher de sopa de sementes de coentro (15 ml) - 1 colher de sopa de sementes de erva-doce (15 ml) - 1 colher de chá de pimenta-do-reino em grãos (5 ml) - 1 colher de sopa de sal (15 ml) - 4 canelas de cordeiro grandes - 2 colheres de sopa de óleo de canola (30 ml) - 1 cebola picada - 1 talo de aipo picado - 2 cenouras descascadas e picadas - 1 alho-poró pequeno picado - 1 ½ xícara de vinho do porto (375 ml) - 1 xícara de caldo de vitela (250 ml) - 1 cabeça de alho cortada ao meio - 3 ramos de alecrim - 3 ramos de tomilho - 2 colheres de sopa de manteiga (30 ml) - 3 colheres de sopa de mel (45 ml) - Sal e pimenta 

  • Modo de preparo - Misture os grãos de coentro, erva-doce e pimenta-do-reino em uma frigideira pequena - Deixe torrar em temperatura média por cerca de 2 minutos, até os grãos estarem levemente escurecidos e você sentir seu aroma - Com um pilão ou um moedor, triture os temperos. Acrescente sal. Espalhe a mistura de temperos em cada canela. Pré-aqueça o forno a 160°C - Aqueça o óleo em uma frigideira refratária grande em temperatura média. Adicione as canelas à frigideira. Cozinhe até dourarem por inteiro por cerca de 5 minutos - Acrescente a cebola, o aipo, as cenouras e o alho-poró e refogue em temperatura média por cerca de 5 minutos até começarem a ficar macios - Adicione o vinho do porto, o caldo de vitela, o alecrim e o tomilho à frigideira - Cubra com uma tampa ou papel de alumínio. Leve ao forno e cozinhe o cordeiro por 2 a 2 ½ horas até que esteja macio ou até que a carne se separe do osso - Retire as canelas de cordeiro da frigideira e coe o molho em uma peneira fina sobre uma panela - Em fogo brando, deixe que o molho ferva por cerca de 15 minutos até reduzir a metade.



Créditos: Valentina Borges Nogueira 
 (valentina.barbosa.escrita@hotmail.com) para Casa com Retalhos.
Imagem: http://www.papodebar.com/



Pfeffernusse - #Biscoitos picantes







Estes deliciosos biscoitinhos são tradicionais na Alemanha na época de natal. O nome deles poderia ser traduzido como "nozes de pimenta". Perfeitos para acompanhar o chá ou café, melhor ainda para aquele momento que bate uma vontade absurda de comer um docinho e também pode ser uma linda lembrancinha para os amigos. Não se assuste com a pimenta, não é nada exagerado e todos os ingredientes casam muito bem, canela, noz moscada, gengibre, mel. Biscoitinhos nutritivos, difícil de resistir até quando estamos preparando a massa, que por sinal é muito fácil. Quanto a pimenta do reino e a noz moscada prefiro moer/ralar na hora para liberar todos os aromas e óleos essenciais, se você não tiver moedor, use o almofariz, o famoso pilão, que serve muito bem para triturar a noz moscada. 


Utensílios: Peneira, assadeira, papel manteiga, ralador, forma, batedeira, espátula, tigelas.

Ingredientes: 

1  ¾ de xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento
1 colher (chá) de canela
¼ de colher (chá) de gengibre moído
¼ de colher (chá) de pimenta do reino
8 colheres de manteiga em temperatura ambiente
½ xícara (chá) de açúcar mascavo
¼ de xícara (chá) de mel
1 gema de ovo grande
1 colher (chá) de raspas de laranja
½ xícara (chá) de açúcar confeiteiro

Modo de preparo:
Pré aqueça o forno a 180 graus e forre a forma com papel manteiga
Numa tigela coloque a farinha, o fermento, a canela, noz moscada, o gengibre e a pimenta do reino.
Na batedeira, velocidade média, bata a manteiga e o açúcar mascavo, adicione o mel, a gema de ovo e as raspas de laranja misturando bem. Diminua a velocidade da batedeira e junte à mistura de farinha e especiarias até formar uma massa homogênea.
Faça porções do tamanho de bolinhas de gude, coloque na assadeira e pressione um pouco para que fiquem mais planas.
Asse por 20 minutos ou até dourar bem. Retire do forno e deixe esfriar.
Polvilhe açúcar de confeiteiro sobre os biscoitos.

Rende em média 35 biscoitos.


#Bolo sem farinha vovó me inspira #DIY

Bolo para tardes preguiçosas, apenas quatro ingredientes e uma hora depois o perfume toma conta da casa, um docinho é sempre bem vindo, é abraço, é sorriso, acompanha o café, acalma ânimos exaltados e sossega o leão da TPM, até mal humorado fica feliz com um pedaço de bolo, faça o teste, lembra? Menos MIMIMI, mais HAHAHA! Vovó me inspira, deixou sua coleção de livros de culinária e receitas escritas à mão (preciosidade) aos meus cuidados, agora cabe a mim reproduzir o bolo caseiro fofinho e todas as delicias das férias, lembranças da minha infância querida que os anos não trazem mais. A receita do bolo de leite moça e coco é do livro "O doce brasileiro" da Nestlé, bolo sem farinha, simples e delicioso, bolo com afeto da vovó me inspira, ela sempre falava, "não faça fofoca, faça bolos, aproveite seu tempo com sabedoria", viu só, impossível não ficar feliz com a vó pindoca Maricota! 





Bolo de leite moça e coco

Ingredientes:
4 ovos
1 lata de leite moça
2 xícaras (chá) de coco seco ralado/150 gramas
1 colher de (sopa) de fermento em pó 
Manteiga para untar e açúcar de confeiteiro para polvilhar(opcional)


Modo de preparo:
Bata as gemas numa batedeira até obter um creme leve e fofo.
Adicione o leite moça, aos poucos, sem parar de bater.
Desligue a batedeira e junte o coco ralado em chuva.
Mexa bem com uma espátula.
Acrescente o fermento peneirado e mistura bem.
Bata as claras em neve e junte-as à massa em movimentos leves e delicados para que ar incorporado não se perca.
Despeje a massa numa forma redonda com buraco no meio, untada.
Leve ao forno médio (180º C), previamente aquecido, durante 45 minutos. Pode levar mais tempo, vai depender do forno.
Tire do forno e desenforme ainda quente. Depois de frio, polvilhe com açúcar de confeiteiro.

Rendimento: 8 porções  


Real Time Web Analytics